sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Acabou e já tem dono


Os que torcem contra, podem preparar os ouvidos e se trancar em casa. Domingo, por volta das 18 horas, Itabuna estará tomada pelas cores e pelo hino rubro negro. Nas praças do Santo Antonio, São Caetano, Califórnia, Conceição, Fátima, Urbis IV, Ferradas e Pontalzinho haverá congestionamentos, festa e cerveja correndo solta.
Embora esteja sendo vendido pela Rede Globo como a mais eletrizante final de campeonato de todos os tempos, com quatro times na disputa pelo título na última rodada, o Brasileirão já acabou na prática e tem um campeão indiscutível: o Flamengo.

A tal “ultima rodada emocionante e decisiva” será mera formalidade, 90 minutos que separam o rubro negro da celebração de sua quinta/sexta conquista (de novo a polêmica da Copa União), um hiato para a festa que já está mais do que pronta.

Matematicamente, Internacional, Palmeiras e São Paulo ainda têm chances de ganhar o título.

Dane-se a matemática.

O Inter precisa ganhar do Santo André e contar com um tropeço do Flamengo.

O Palmeiras precisa ganhar do Botafogo e contar com tropeços do Flamengo e do Inter.

O São Paulo precisa ganhar do Sport e contar com tropeços do Flamengo, Inter e Palmeiras.

O Inter deve ganhar do Santo André, mas sabem quando o Grêmio vai se esforçar para ganhar do Mengo e dar o título de mão beijada para o seu principal rival?

Talvez no dia em que nossos políticos pararem com essa mania de saquear os cofres públicos para, digamos, ‘comprar panetones e cestas de Natal para os pobres´.

Em ambos os casos, lá pelo Dia de São Nunca.

Palmeiras e São Paulo, então, dependem de uma combinação mais improvável do que ganhar na loteria sem jogar.

Está se vendendo, exaustivamente, uma emoção que não existe. E que na tarde/noite de domingo só vai existir para a imensa legião de torcedores do Flamengo.

O Palmeiras teve o título mais ganho de sua vida e deixou escapar. O São Paulo cresceu na hora certa e caiu na hora errada. O Inter alternou altos e baixos.

E o Flamengo, na dele, foi subindo e virou líder na hora mais do que certa, contando com um redivivo Petkovic e esse inacreditável Adriano.

Já é Campeão Brasileiro de 2009.

Domingo, a noite será rubro-negra.

E, pelo fanatismo dos torcedores, a segunda, a terça, a quarta, a quinta, a sexta, o sábado...

Um comentário:

Aline disse...

É RIDICULO ESSA FESTA QUE NOIS ITABUNESSES FAZEMOS PARA ESSES TIMES DO SUL.
TEMOS TIMES DE TRADIÇÃO AQUI NA BAHIA, MAS PREFERIMOS TORCER PARA TIMES DOS ESTADOS ONDE ACHAM QUE NOIS NORDESTINOS SOMOS INFERIORES A ELES, E PIOR AINDA BAIANOS QUE TEMOS FAMA DE TUDO DE RUIM QUE EXISTE NO BRASIL.
PARECE ATÉ QUE ESTAMOS NO RIO DE JANEIRO COM TANTOS BOBOS, SEJAM FLAMENGUISTAS, VASCAINOS, TRICOLORES E ETC....