quinta-feira, 18 de março de 2010

Foi num carnaval que passou


No dia 26 de março, Lula vem a Itabuna inaugurar o gasoduto da Petrobrás e a base de distribuição de distribuição da Bahigás.

Há exatos oito anos, Lula desembarcou na cidade, a convite do amigo Geraldo Simões, para curtir o carnaval antecipado.

Vinha de três derrotas seguidas na disputa para a presidência da república e iria tentar pela quarta vez. Tentou, ganhou, ganhou de novo e se transformou no presidente mais popular na história do Brasil.

Naquele carnaval que passou, quando tudo ainda era esperança, um Lula brincalhão e acessível a todos tomou suas cachacinhas e fumou bons charutos cubanos, dos quais boas e generosas doses e alguns puros foram degustados na companhia deste blogueiro.

A foto, que guardo com carinho nos meus alfarrábios, foi tirada no camarote da prefeitura, momentos antes de uma coletiva à imprensa.

Na conversa eu pedia (ou implorava) para compartilhar o estoque especial de habanos que Lula recebia diretamente de Fidel.

Sem a colaboração de Lula, tive que continuar utilizando expedientes que, nessa Cuba de Fidelito e Rauzito, me tornariam sério candidato ao paredón.

Um comentário:

Josivaldo Dias disse...

É,essa foi para história..